Centro de Diálogo Intercultural de Leiria

A criação do Centro de Diálogo Intercultural de Leiria assenta na preservação e promoção do legado cultural, arquitectónico e urbanístico. Assentou na reabilitação da Igreja da Misericórdia e na Casa dos Pintores.
O objectivo deste projecto consiste em preservar a memória das distintas comunidades e identidades que, ao longo dos séculos, viveram na região, com especial destaque para a Idade Média, com uma presença muito intensa das comunidades muçulmana, judaica e cristã.

O livro é o fio condutor do projeto de musealização, quer pelo seu valor simbólico como intermediário no diálogo entre distintos povos e crenças.

A presença judaica em Leiria remonta a inícios do século XIII, estabelecendo-se uma comuna fora das muralhas da vila, que foi crescendo até ao seu apogeu no século XV.

A Judiaria é ainda hoje percetível na malha urbana de cariz medieval, onde em 1492 se instala o tipógrafo Samuel de Ortas, imprimindo, em 1496, o Almanach Perpetuum, de Abraão Zacuto, fundamental para os descobrimentos portugueses. Da judiaria permanece a memória da Igreja da Misericórdia como templo construído no local da antiga sinagoga. Nesta igreja barroca localiza-se o Centro de Diálogo Intercultural, que integra igualmente a casa de fundação medieval, dita Casa dos Pintores.

Centro de Diálogo Intercultural e Sinagoga de Leiria
A comuna judaica girava em torno da sinagoga, situada no local da atual Igreja da Misericórdia, um templo cristão com reminiscências maneiristas e barrocas, que foi classificado como Monumento de Interesse Público, em 2015.

A Irmandade da Misericórdia de Leiria terá sido criada em 1544, tendo esta igreja substituído de certa forma, na área baixa da cidade, a função desempenhada pela Igreja de S. Martinho (demolida entre 1546 e 1549), pelo menos até à construção da Sé, em 1559.

Casa dos Pintores
A Casa dos Pintores, edifício de origem medieval, está situada no centro da judiaria, junto ao antigo Largo dos Banhos, sendo uma das raras construções que testemunham a arquitetura de habitação mais antiga no Centro Histórico. A designação Casa dos Pintores deve-se à grande quantidade de artistas que retratam a sua fachada.

Horário
De segunda a sexta
09:30 – 12:30
14:00 – 17:30

Encerra a 1 de Janeiro, Dia de Páscoa e 25 de Dezembro
Entrada gratuita
Não tem serviço de visitas guiadas

Casa dos Pintores
Rua Acácio de Paiva, nº 2

Igreja da Misericórdia
Rua Miguel Bombarda, nº 15
2 400 - 076 Leiria

Return to the top