Cycling na região de Aveiro

Aveiro é uma das melhores cidades do Centro de Portugal para andar de bicicleta, pelo facto de ser muito plana. Em Aveiro poderá pedalar pela cidade gratuitamente! Mas não fica por aqui: ao longo do ecossistema absolutamente único da Ria de Aveiro – que se estende de Ovar, a norte, e a Mira, no sul

Aveiro é uma das melhores cidades do Centro de Portugal para andar de bicicleta, pelo facto de ser muito plana. Em Aveiro poderá pedalar pela cidade gratuitamente! Mas não fica por aqui: ao longo do ecossistema absolutamente único da Ria de Aveiro – que se estende de Ovar, a norte, e a Mira, no sul – poderá andar de bicicleta por paisagens naturais incríveis, descobrir locais maravilhosos longe do mundo, praias solitárias e sentir o efeito relaxante da natureza envolvente!Cycling em Aveiro
Os habitantes de Aveiro dizem que há 3 formas de explorar a cidade: a pé, de barco (a bordo do típico moliceiro, usado no passado para recolher o moliço que era aplicado como fertilizante natural dos campos agrícolas) ou de bicicleta.

Há cerca de 350 BUGAs na cidade que se podem utilizar das 10:00 às 19:00 todos os dias da semana. Terá apenas de se dirigir a um ponto BUGA, deixar a sua identificação pessoal e receberá um cadeado com código, para que possa usar e parar a sua BUGA onde quiser.

 

Cycling na Ria de Aveiro
A Ria de Aveiro é um ecossistema absolutamente único em Portugal, localizado entre Ovar, no norte e Mira, no sul. Uma zona de incomparável beleza natural, onde poderá ver flamingos e garças brancas, fazer kitesurf, caminhar ao longo das searas intermináveis, ​​ver os ocupados pescadores recolhendo mariscos frescos ou apenas desfrutar do luxo do silêncio em praias isoladas.

Além de ser um importante recurso económico, a Ria de Aveiro é também o que define a identidade de toda uma região.

Nesse sentido, a Câmara Municipal da Murtosa criou um projecto de mobilidade sustentável com base numa rede de ciclovias no contexto urbano e rural. Um dos objectivos deste projecto – chamado NaturRia – foi para permitir a descoberta do património cultural e natural da Murtosa.

Imagine andar de bicicleta de cais em cais, descobrindo paisagens surpreendentes, encontrando moradores que o convidam para comer caranguejos frescos ou sentir o vento fresco no rosto, num momento que pretende que se eternize! Na verdade, poderá fazer tudo isso nos diversos percursos da NaturRia e pode ter certeza de que cada caminho será uma experiência incomparável!

Partindo de Aveiro, atravesse a ponte da Varela e siga a rota dos cais ao largo da Ria de Aveiro.
Ponte da Varela – Esta é a rota de bicicleta mais longa da Murtosa, estendendo-se por 11 km e cruzando a zona norte da Murtosa até à costa do Atlântico.
Cais da Béstida – Um porto de pesca, com belas casas coloridas, onde os pescadores guardam os seus utensílios. Nesta zona, delicie-se com os “petiscos” servidos na Casa Alcina, repleta de fotos antigas da ria e pinturas de moliceiros – embarcações tradicionais da Ria de Aveiro.
Cais da Mamaparda – O Clube Nortada organiza actividades interessantes de kitesurf nesta zona. A temperatura da água é de cerca de 26 graus Celsius e é um local muito atractivo para os desportos aquáticos!
Ribeira de Pardelhas – O centro de educação ambiental coloca bicicletas à disposição que podem ser utilizadas gratuitamente para descobrir esta região incrível! Não deixe de contemplar os pescadores ocupados trabalhando nos seus barcos ou os habitantes locais no café das imediações.
A Câmara Municipal de Murtosa organiza visitas de grupo em bicicleta  e os visitantes podem usar as suas próprias bicicletas ou as bicicletas gratuitas disponibilizadas pelo Município da Murtosa.
A área de piquenique com mesas e bancos também está disponível.
Cais do Bico – Este é “o” lugar para as actividades de observação de aves, oferecendo uma vista incomparável sobre a ria. As garças brancas são espécies muito comuns de avistar bastante fáceis de detectar e homens atarefados pescando deliciosos caranguejos e mariscos. Nas imediações, encontra-se uma praia única, com muito espaço para colocar a toalha de praia. Não há risco de se deparar com uma multidão de turistas!
Cais do Chegado – Esta área tem um porto de pesca moderno e armazéns em cores brilhantes completamente renovados, chamando a atenção dos visitantes. Pescadores vão e vêm com lotes de caranguejo e frutos do mar frescos. Há barcos típicos com nomes bem portugueses e um café agradável na praia do Bico.

BioRia
A criação de uma rede de percursos pedestres e cicláveis na BioRia foi determinante para a protecção do património natural de Estarreja. Estes percursos possuem quadros informativos e estruturas de apoio que permitem aos visitantes entrar em contacto com a natureza envolvente de uma forma muito divertida!

A BioRia é um notável projecto de preservação da biodiversidade, desenvolvido há 5 anos pelo município de Estarreja. A BioRia oferece aos seus visitantes uma rede de diversos percursos pedestres e cicláveis no coração de um património natural avassalador. Um local a não perder!

De Aveiro rumo à costa Atlântica!
Praia de São Jacinto
Esta é, sem dúvida, uma praia única de águas cristalinas e dunas de areias finas que foram classificadas de Reserva Natural. Em São Jacinto, não deixe de visitar o familiar e acolhedor restaurante A Peixaria, um local muito simpático onde poderá provar as mais incríveis e saborosas variedades de peixe, directamente do oceano! Uma praia amiga de bicicletas, a poucos minutos de Aveiro, em ferry.

Praia da Torreira
Esta rota tem 2,5 km ao longo da cosa e de algumas ruas do centro urbano. Ideal para a prática de surf e de pesca.

Praia do Furadouro
Traga a sua bicicleta e descubra a arrebatadora praia do Furadouro! Esta ampla praia tem boas acessibilidades, assim como aprazíveis passadiços de madeira. Poderá observar ainda os tradicionais barcos de pesca ao longo da costa, numa explosão de cor!

 

 

Return to the top