Parque Municipal Aquilino Ribeiro

O Parque Aquilino Ribeiro é um dos pulmões da cidade de Viseu onde, há séculos vivem, grandes árvores e outras espécies vegetais, testemunhos do tempo em que aquele espaço pertenceu a uma quinta medieval, depois à cerca do Convento de Santo António dos Capuchos, que se instalou na medieval ” Quinta de Mançorim “.

Em 1834, o convento de Santo António dos Capuchos deixa de existir neste local, mas o Parque Aquilino Ribeiro conservou os imponentes exemplares de carvalhos (Quercus spp.), que dominam o parque e já pertenciam à a antiga mata, castanheiros, choupo-brancos, (Populus alba) magnólias (Magnolia grandiflora), pinheiro-mansos, plátanos e tílias (Tilia cordata) que fizeram sombra aos frades capuchos.

O projecto do arquitecto paisagista Facco Vianna Barreto, que também assinou o projecto de requalificação original, em 1954, valorizou o Parque no inicio do século XXI e dando consistência ao destino inclusivo que a cidade de Viseu é, criou um jardim sensorial, com caracteres em braile, que permite a quem não vê tocar, cheirar e sentir as flores. O Parque tornou-se mais romântico e tranquilo.

Aqui se localizam a Igreja Barroca da Ordem Terceira de São Francisco e a capela seiscentista de Nossa Senhora das Vitórias.

Return to the top