Sé Catedral da Guarda

A Sé da Guarda tornou-se uma das igrejas mais emblemáticas de Portugal, com uma estrutura que cria a simbiose entre o gótico e o manuelino.

A Catedral da Guarda, que se ergue majestosa no centro da cidade, foi mandada erigir durante o reinado de D. João I, por iniciativa do bispo D. Vasco de Lamego. As obras, iniciadas em 1390, só foram concluídas no tempo de D. João III, arrastando-se por mais de 150 anos. Como resultado, a Sé tornou-se uma das igrejas mais emblemáticas de Portugal, com uma estrutura que cria a simbiose entre o gótico e o manuelino. O edifício de granito destaca-se pelo seu aspecto fortificado, levantando-se imponente em direcção ao céu com os seus pináculos e contrafortes, que se entrecortam com os aprimorados elementos decorativos manuelinos. No interior, não deixe de contemplar o magnífico retábulo-mor em pedra de ançã, executado pela oficina coimbrã de João de Ruão, obra maior da escultura erudita do período mais tardio do Renascimento.

Horário

Verão – de Junho a Setembro: 10h00 – 13h30 / 15h00 – 18h30;
Inverno – de Outubro a Maio: 9h00 – 12h30 / 14h00 – 17h30

Praça Luís de Camões 6300-725 Guarda

Return to the top