Termas de Monfortinho

Junto ao rio Erges, à beira de Espanha, as Termas de Monfortinho juntam o melhor da saúde e da técnica ao bom nome das águas da Serra de Penha Garcia.

Junto ao rio Erges, à beira de Espanha, as Termas de Monfortinho juntam o melhor da saúde e da técnica ao bom nome das águas da Serra de Penha Garcia. Fundadas pelo Dr. José Gardete Martins em 1906 e exploradas desde 1907 pela Companhia das Águas da Fonte Santa de Monfortinho, estas termas inauguraram o primeiro balneário em 1940, sendo a partir de então que a actividade termal conheceu um verdadeiro desenvolvimento no local.

Hoje, as Termas de Monfortinho são um paraíso de cuidados corporais, onde tratamentos secos e húmidos são sabiamente aplicados.

A água da Fonte Santa

Com virtudes terapêuticas reconhecidas desde a época romana, as águas da Fonte Santa de Monfortinho, com elevado teor de sílica, hipomineralizadas, bicarbonatadas, sódicas, cálcicas e magnésicas, são aconselhadas no tratamento de doenças crónicas da pele, distúrbios dos sistemas digestivo, circulatório e respiratório e doenças reumáticas. Oferecendo-lhe um espaço renovado, as Termas de Monfortinho propõem um conjunto de tratamentos personalizados, rigorosos, profissionais e com resultados reconhecidos.

Dedicadas à saúde, as Termas de Monfortinho são também vocacionadas para o repouso e a beleza. Quem queira, apenas, disfrutar da tranquilidade do espaço termal necessita apenas ter vontade de estar de bem consigo mesmo. De corpo e alma.

Para lá das termas

Numa região onde imperam as grandes herdades, como a da Poupa e a do Vale Feitoso, não será difícil alternar as actividades termais com um safari fotográfico, uma tarde de caça, um treino no campo de tiro, uma manhã dedicada à pesca, uma aventura de canoagem, ciclismo de montanha, parapente, ou asa delta, ou ainda circuitos históricos e culturais. Aproveite para fazer uma incursão pela incomparável área envolvente, que abrange as Aldeias Históricas de Monsanto e Idanha-a-Velha, o Geopark Naturtejo e o Parque Natural do Tejo Internacional.

Return to the top