A Rota Carmelita faz a ligação entre Coimbra e Fátima ao longo de um trilho de 100 km no coração de uma paisagem tranquila e deslumbrante. Para peregrinos, mas também para amantes de caminhadas.

Este itinerário temático inspirou-se na vida e no legado da irmã Lúcia, um dos três pastorinhos de Fátima, que em 1947 entrou no Carmelo de Santa Teresa, em Coimbra, e que aí viveu até à sua morte, em 2005. A rota tem início no Carmelo de Santa Teresa, próximo do memorial da Irmã Lúcia.

Partindo do Carmelo de Santa Teresa, em Coimbra, a Rota Carmelita é um convite a alcançar o Santuário de Fátima ao longo de 111 km, num percurso desenhado nos municípios de Coimbra, Condeixa-a-Nova, Penela, Ansião, Alvaiázere e Ourém. É uma rota alternativa aos principais eixos rodoviários que oferece maior segurança e conforto aos praticantes de walking e de cycling.

A Rota Carmelita está dividida em 6 etapas:
Etapa 1 – Coimbra – Condeixa-a-Nova – 16 km (dificuldade média)
Etapa 2 – Condeixa-a-Nova – Rabaçal – 13 km (fácil)
Etapa 3 – Rabaçal – Ansião – 19,5 km (difícil)
Etapa 4 – Ansião – Bofinho – 13,5 km (dificuldade média)
Etapa 5 – Bofinho – Seiça – 26 km (difícil)
Etapa 6 – Seiça – Fátima – 23 km (difícil)

Mais informação no site oficial.