Conta a lenda que a Praça do Rossio foi oferecida pela própria Rainha Dona Leonor aos produtores agrícolas da região para aí venderem os seus produtos.

Apesar de não existirem registos históricos de tal oferenda, a verdade é que o Mercado de Rua Caldense, comumente denominado Praça da Fruta, funciona até aos dias de hoje no local primitivo onde iniciou a sua atividade durante o século XV. Todos os dias da semana as bancas coloridas são montadas, dando lugar ao único mercado diário ao ar livre em Portugal.

É sabido que o pólo atrativo inicial da Cidade de Caldas da Rainha foi o Hospital Termal de Nossa Senhora do Pópulo, mandado edificar pela Rainha Dona Leonor no ano de 1485. Contudo, desde cedo o comércio desenvolvido no Rossio da Vila atraía a si produtores das zonas circundantes para venderem os seus produtos. Desde o final do séc. XV até aos dias de hoje, o colorido das frutas e dos vegetais da época no mercado de rua mais emblemático de Portugal!