O projecto foi desenvolvido pela Câmara Municipal da Nazaré e inclui 3 núcleos principais: seca do peixe, centro de interpretação e tratamento do peixe. A seca do peixe tornou-se uma imagem de marca da identidade local. Este museu vivo é, simultaneamente, uma atracção turística e uma forma privilegiada de garantir melhores condições de trabalho aos vendedores de peixe, assim como criar novos postos de trabalho e manter viva a tradição. Porque esses vendedores de peixe seco fazem parte da alma da Nazaré. E há imensa magia em novos começos.